sexta-feira, 9 de maio de 2014

Liberdade de escolha

Na verdade não importa o tempo que leva, cedo ou tarde aprende-se...
Se formos inteligentes aprenderemos rápido, principalmente se observarmos que os erros cometidos pelos outros não devem ser repetidos por nós.
Se falhar a lógica e seguirmos a mesma caminhada errante e errada de outros pensando que será diferente para nós, realmente será bem diferente, pois desta vez a dor será nossa e não deles, serão as nossas lágrimas e não as deles, as cicatrizes ficarão em nossa alma e talvez maiores que as deles.
Somos livres para fazer nossas escolhas, mas escravos das consequências e, talvez sem chance de voltar para o início e repensarmos as atitudes buscando outro caminho.
Não devemos optar por nada que deixe marcas que lembrem dor, sofrimento, medo, desamor...

Nenhum comentário: