sábado, 7 de janeiro de 2012

Onde estás?

Mergulhei em águas profundas mesmo sem saber nadar,
sobrevivi.
Tomei para mim problemas que não era meus,
resolvi.
Segui por caminhos desconhecidos e escuros,
percorri.
Tive um lindo sonho que virou pesadelo,
acordei.
Fui ferida e magoada,
as cicatrizes mostram minha alma curada.
E tu, por onde andas?

Nenhum comentário: